1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (1 Votos)
Roberto Numeriano

Clica na imagem para ver o perfil e outros textos do autor ou autora

Tudo que é sólido desmancha no ar

O terceiro turno do golpe parlamentar

Roberto Numeriano - Publicado: Sexta, 15 Abril 2016 05:55

O terceiro turno das eleições de 2014 se institui na forma de um golpe de Estado do tipo parlamentar.


E, como todos vemos, vem a galope. Mas os golpistas aquartelados no Congresso Nacional são apenas parte do cenário de horrores que empurra o país para o confronto social, político e ideológico, cujos desdobramentos não se esgotarão na "posse" do vice-presidente.

Para além do cenário de sangue e morte com que o golpismo flerta, temos a ruptura de princípios do Estado democrático de Direito, sobre os quais repousam os fundamentos básicos de uma nação e um povo livres. O golpismo e seus ideólogos autoritários, o golpismo e seus defensores reacionários (inocentes úteis ou não), o golpismo e seus tipos mais odiosos (os corruptos com mandato, os corruptos que sonegam, os corruptos que não aceitam a derrota das urnas), toda essa camada podre, em conluio com o que há de mais aético e imoral no jornalismo político (capitaneado pela Rede Globo), está no limiar de destituir, por meio da mentira e da demagogia, a presidente da República.

No avanço ao poder, como hienas famintas, imaginam que a história real será contada pelo ataque à Constituição Federal. Não vai ser. Como também não foi no caso do golpe civil-militar de 1964.

Estamos, a passo acelerado, entrando na zona cinzenta do espaço político onde começamos a sentir o mal tomar forma e se espraiar, insidioso e fétido, entre as pessoas e nas instituições. Quem, por aí, já não está sentindo esse cheiro de algo podre no ar da República? Quem, por aí, mesmo sem ser um legalista anti-golpe, vai negar que há uma sombra que obscurece tudo e começa a nos sufocar?

É assim quando a mentira vence a verdade, seja no parlamento, numa família, numa relação, numa nação. Que Deus não permita o ódio e a mentira, mais uma vez, ferirem a nação brasileira.

Fonte: perfil do autor no facebook.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.