1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

uniao africana logoSão Tomé e Príncipe - Prensa Latina - A União Africana (UA) anunciou o envio de uma missão de observadores às eleições legislativas, municipais e regionais em São Tomé e Príncipe, previstas para se realizarem no próximo dia 12 de outubro, informou-se na quarta (1).


O Escritório de Informação e Imprensa da Guiné Equatorial informa que a presidenta da Comissão da UA, Nkosazana Dlamini Zuma, autorizou a presença dos observadores internacionais nas eleições de São Tomé e Príncipe.

Tal missão será dirigida pelo ex-primeiro-ministro de Angola Fernando José de Franca Dias Van-Dúnem, junto a outros 25 inspetores de diversas instituições africanas, entre elas o Parlamento Pan-Africano, organizações de direitos humanos e da sociedade civil, que permanecerão em São Tomé até o próximo dia 19.

Segundo o comunicado da UA, o grupo prestará atenção ao processo que se enquadra em conformidade com os instrumentos e disposições da União pela vigilância eleitoral.

Depois das eleições, a missão apresentará suas reflexões preliminares, ao mesmo tempo em que publicará uma declaração que será seguida de um relatório final dois meses após as eleições.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.