1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

160211_bomjesusAngola - Jornal de Angola - Há mais de um mês que 80 famílias da aldeia da Kilenda, comuna de Bom Jesus, no Bengo, estão isoladas do resto do município de Icolo e Bengo, na sequência das fortes chuvas que têm caído sobre aquela região.


Até ontem, apenas era possível chegar à zona por via fluvial. O administrador da comuna de Bom Jesus, Serafim Pedro Catari, explicou que as populações residem numa zona junto ao rio Kwanza e, quando há chuvas intensas, o caudal aumenta, causando o isolamento total da aldeia.

 

O responsável comunal revelou que os aldeões mostram resistência em abandonar o local por questões culturais, uma vez que grande parte deles possui um espaço que anteriormente pertencia aos avôs.

"Muitos têm lá as campas dos seus avôs e torna-se difícil encontrar um entendimento comum. Mas vamos ter paciência até encontrarmos uma melhor solução", acentuou Serafim Pedro Catari.

No entanto, continuam a ser feitos esforços no sentido de convencer as populações a aceitarem transferir-se para um local mais seguro, já seleccionado pelas autoridades.

Serafim Catari frisou que na aldeia de Kilenda, existem pequenas construções do tipo precário e, na sua maioria, os aldeãos têm um estilo de vida semi-nómada, o que dificulta o trabalho da administração.

A população vai permanecer isolada enquanto continuar a chover no Bom Jesus, sem beneficiar de apoio sanitário nem de outros cuidados administrativos.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.