1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (2 Votos)

120112_catemeMoçambique - O País - Até ao fecho desta edição, havia registo de um ferido ligeiro e 14 detidos, considerados como principais cabecilhas da manifestação popular. A situação parecia estar calma, mas a linha-férrea continuava bloqueada por troncos e outros objectos obstrutores.


A manifestação protagonizada por cerca de 500 famílias reassentadas no bairro Cateme, em Tete, pela multinacional brasileira Vale, resultou num ferido ligeiro e mais de 14 detidos. As 500 famílias iniciaram, na madrugada de terça-feira, uma manifestação contra a Vale, alegadamente porque a mesma não estava a cumprir com as promessas de melhorar as suas condições de vida, feitas durante o processo da retirada das populações das suas terras que hoje fazem parte do perímetro do projecto de extracção de carvão da Vale, para cerca de 40 quilómetros, mais concretamente para o bairro Cateme. Para dispersar a população furiosa, o governo mobilizou elementos da Força de Intervenção Rápida. Até ao fecho desta edição, a situação estava relativamente calma. Contudo, a linha-férrea continuava bloqueada por troncos e outros objectos obstrutores da via, sendo, por isso, impossível a circulação do comboio de Moatize ao porto da Beira.

As razões do protesto

Os manifestantes dizem-se enganados pela Vale, uma vez que a multinacional brasileira terá prometido melhorar as suas condições de vida, facto que, segundo afirmam, até ao momento ainda não aconteceu. A população diz que foi reassentada a mais de 40 quilómetros da cidade de Tete, foi despojada de terras e ganhou casas que, com o tempo, se têm revelado de péssima qualidade.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.