1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

110112_catemeMoçambique - Jornal de Notícias - Um grupo de reassentados pela mineradora Vale Moçambique, no bairro de Cateme, distrito de Moatize, em Tete, manifestaram-se na madrugada de ontem contra aquela companhia, num acto que se traduziu no impedimento da circulação de um comboio carregado de carvão mineral com destino ao Porto da Beira para a exportação.


Os indivíduos reivindicavam desta forma a falta de cumprimento de algumas promessas relacionadas com o melhoramento das suas condições de vida no novo local de reassentamento. Entre outras questões, apontam a infiltração da água das chuvas nas casas recém-construidas e o elevado custo de vida derivado da despesa com o transporte que acaba encarecendo os produtos de primeira necessidade. Recorde-se que Cateme fica a 60 quilómetros do centro da cidade de Tete. A Polícia foi chamada a intervir, porém, não foram reportadas detenções, nem confrontações entre os manifestadas e as forças policiais.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.