1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (1 Votos)

b 450 0 16777215 00 archivos Colaboradores avanzados manu 2013 03 luatybeiraoAngola - Diário Liberdade - [Alberto Castro*] O jornal britânico ''The Guardian'' publicou na sexta-feira (16/10) uma matéria assinada por Joana Gorjão Henriques, sua colaboradora e jornalista do diário português Público, dando conta do deterioramento da saúde do ''rapper'' e ativista político angolano Luaty Beirão, em greve de fome há cerca de um mês.


Foto de Greg Scruggs para o Diário Liberdade - Luaty Beirão.

Com o título ''Fears for Angolan rapper on hunger strike as heath deteriorates'' (receios por ''rapper'' angolano em greve de fome enquanto a saúde deteriora), o jornal britânico recupera uma entrevista concedida pelo ativista ao jornal luso antes da sua detenção há cerca de quatro meses.

Igualmente conhecido como Ikonoklasta, o ''rapper'' tem também nacionalidade portuguesa e foi detido em 20 de junho por forças de segurança angolanas, na capital, Luanda, juntamente com outros 12 ativistas políticos e dos direitos humanos acusados de prepararem uma “rebelião” e “tentativa de golpe de estado'' em Angola. 

Como forma de protesto contra a acusação vários dos ativistas iniciaram greve de fome a 20 de setembro mas, segundo a Amnistia Internacional, passadas três semanas a maioria desistiu e apenas Luaty Beirão permaneceu.  

De acordo com o ''Guardian'', o ativista vem protestanto contra o presidente José Eduardo dos Santos e o seu governo,  reivindicando uma mudança urgente no país que a 11 de novembro próximo comemora 40 anos de independência.

''Precisamos de sangue novo, ideias novas e pessoas novas com coragem para fazer coisas de forma diferente'', disse. Segundo ele, o problema já está identificado: ''a atual elite não tem nada mais a acrescentar, eles devem reconhecer que serviram o país, se serviram dele e agora é tempo de passar o testemunho''.

Filho de um falecido político próximo ao presidente de Angola, Beirão se distanciou do pai ao afirmar inequivocamente não ser ''filho do regime''. ''A genética nada tem a ver com os pontos de vista que subscrevo... e não entendo como ela me pode forçar a seguir a linha de pensamento do meu pai'', explicou. 

Segundo o jornal britânico, nos seus concertos, o ''rapper'' tem criticado frequentemente a classe política angolana, tendo sido detido várias vezes pela polícia devido às suas opiniões frontais contra o governo dirigido pelo MPLA, com José dos Santos há 36 anos no poder como presidente.

Últimas informações dão conta que o ativista, de 33 anos, foi na sexta-feira transferido, ''por precaução'', do hospital-prisão onde estava internado desde 9 de outubro para uma clínica privada e que o mesmo não corre o risco de morrer na medida em que, apesar de entrar hoje no 26.º dia de greve de fome, seu estado de saúde ''continua estável''.

*Jornalista freelance e colunista residente em Londres


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.