1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

221015 MFerreiraLeitePortugal - Jornal Mudar de Vida - [António Louçã] Há muitas razões e boas para olharmos com desconfiança o que eventualmente possa ser-nos apresentado, nos próximos dias, como acordo para uma “maioria de esquerda”.


O PS já se encarregou de dizer que esse acordo iria basear-se na sensata viragem de comunistas e bloquistas para aceitarem o limite de 3 por cento ao défice orçamental, e na sensata abdicação das exigências de renegociação da dívidas por parte do BE. Nem o PCP nem o BE confirmaram isto, que António Costa dizia em nome de ambos.

Mas, à direita, há poucas razões, e cada uma mais esfarrapada, para objectar a esse acordo.
Não deveria surpreender-nos que uma delas tenha surgido na boca de Manuela Ferreira Leite, precisamente aquela ex-ministra da direita que ultimamente cultivava a imagem de dissidente e ia ganhando uma aura de personagem frequentável para certa esquerda propensa a buscar na direita os seus salvadores ou salvadoras.

Disse a senhora que está a ser dada aos resultados eleitorais, “uma interpretação abusiva e que corresponde a um verdadeiro golpe de Estado”. Acusou também António Costa de “fraude”, por mostrar disponibilidade para uma aliança recusada pelo eleitorado socialista.

Aqui está, nesta linguagem incontinente e tremendista, como se fala impensadamente, e como se dizem coisas para tirar uma conclusão, quando na verdade todo este discurso devia levar à conclusão contrária.

Em primeiro lugar, se Ferreira Leite interpreta melhor do que Costa o sentir do eleitorado socialista (e não digo que não), candidate-se então a secretária-geral do PS, que está a precisar de um e não tardará em abrir concurso para o lugar.

Em segundo lugar, se Ferreira Leite vê aqui um “golpe de Estado”, dê-lhe então o seu apoio. Pois não era ela quem propunha a suspensão da democracia por seis meses e não é ela quem preconiza uma solução expedita, seja lá qual for, para esta crise?


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.