1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

050216 ptPortugal - Resistir - O baile de máscaras terminou. Nestas eleições presidenciais tudo se fez para mascarar os verdadeiros problemas do país.


Ninguém falou em recuperar a soberania nacional; romper com a União Europeia e outras organizações imperialistas; recuperar a soberania monetária; libertar o país das garras do capital financeiro; relançar o desenvolvimento; por cobro ao processo desindustrialização que devastou Portugal.

Ninguém falou tão pouco da crise sistémica que devasta o mundo capitalista nem da desagregação em curso da UE. Tudo se fez para esconder realidades desagradáveis como os sucessivos escândalos financeiros. Todos actuaram como bem comportados candidatos do sistema O candidato da direita apresentou-se com uma máscara suave, consensualista e aparentemente civilizada – o que lhe deu a vitória à primeira volta.

A candidata que adoptou a máscara de esquerda apoiou e foi apoiada por bandalhos como os srs. Tsipras & Iglesias, mas ocultou cuidadosamente a sua adesão ao capital monopolista europeu e ao euro. O candidato comunista, um homem digno, fez discursos poéticos mas que não chegaram aos problemas de fundo. O candidato apoiado por três ex-presidentes tentou gerar consensos impossíveis, mascarando problemas por trás de um discurso etéreo e asséptico.

O candidato que apresentou mais ideias, H. Neto, mal conseguiu aflorá-las nos seus tempos de antena. Mas nenhum dos candidatos pôs em causa a democraticidade destas eleições manipuladas pela desinformação televisiva e marcadas pela fuga aos problemas reais. Diante desse quadro compreende-se que 51,23% dos eleitores tenham preferido abster-se e outros tenham preferido votar em candidatos folclóricos.

São manifestações de protesto, não consciencializadas, contra a democracia burguesa. Portugal está mal preparado para enfrentar a crise mundial em curso.

Foto: @begoiportugal


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.