1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

valençabordadosPortugal - Diário Liberdade - Esculturas de cavalos, elefantes, gatos, guarda-chuvas e manequins “vestidos” com rendas em croché, marcam exposição no Núcleo Museológico de Valença do Minho, até 23 de abril.


Uma exposição com instalações de bordados, com mais de 200 peças sui generis, onde a arte tradicional de bordar se apresenta em formas contemporâneas. Ganham portanto novas contextualizações, mostrando as possibilidades de utilização atual das rendas e bordados.

Os emblemáticos lenços dos namorados de Valença, onde os versos de rimas soltas são características únicas, a linho cru, os de noivar, com as cores garridas a vermelho e azul os de namorar destacam-se também nesta exposição. Na exposição encontram-se, ainda, bordados em ponto de cruz e rechilieu. O ou a visitante pode viajar pela arte de bordar, com amor, descobrindo uma infinidade de dedais, pontas de agulhas e muitos outros acessórios.

Aliás, a posição de Valença na fronteira com a Galiza faz do evento uma boa oportunidade para as pessoas daquele país conhecerem mais um pouco da cultura popular a sul do Minho.

A exposição conta com trabalhos dos utentes da Associação de Reformados de Valença e peças de Anabela Pereira, Maria Estrela Costa, Augusta Santana, Maria Fernanda Sousa, Ana Maria Fontainhas e Casa das Fontes, que com o seu trabalho participam ativamente na preservação da cultura na região do Minho.

Com informações da CMV.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.