1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (1 Votos)


[Felipe Santana Pereira] A imagem de um menino sírio morto em uma praia turca virou símbolo da crise migratória que assola a Europa, mas da qual pouco se fala no Brasil. Essa crise serve de tema para o vídeo “todo mundo é IMIGRANTE”, no qual o escritor Felipe Gaúcho costura dados e argumentos em uma locução empolgada, que arregala os olhos de quem assiste. A intenção é causar um misto de fascínio e choque, como atesta o nome do canal no Youtube onde o vídeo foi publicado: Soco na Mente.

“A União Europeia há pouco aprovou a ‘distribuição’ de 160 mil refugiados entre países membros, num período de dois anos. Parece bastante, mas o número de migrantes chegando à Europa, só em 2015, já se aproxima de um milhão[1]. O que fazer com todas essas outras pessoas que não vão ser ‘distribuídas’?”, questiona o autor do vídeo. O descaso não tem implicações somente morais, como também práticas… e fatais. Cerca de 5 mil pessoas vão ter morrido tentando cruzar o mar mediterrâneo ao final desse ano, o que “seria ao mesmo tempo uma tragédia e um recorde absoluto", segundo Joel Millman, porta-voz da Organização Internacional de Migrações (OIM)[2].

Só na Síria, a Anistia Internacional estima que 50% da população[3] tenha sido forçada a deixar seu local de origem, desde que a guerra civil eclodiu em 2011: são mais de 10 milhões de pessoas sem ter um lugar pra chamar de casa.

No Brasil a questão desperta menos atenção, talvez pela predileção da nossa imprensa em ignorar temas humanitários em detrimento de pautas políticas. Ainda assim, ela vem ganhando importância: por liderar a missão de paz da ONU no Haiti, o país atraiu dezenas de milhares de migrantes haitianos no últimos anos. No entanto, a legislação que versa sobre imigrantes no território brasileiro data de 1980, e estima-se haver já mais de um milhão de pessoas nessa situação, no país[4].

“É urgentíssimo aprovar a nova lei de imigração”, afirmou, em junho, Paulo Sérgio de Almeida, presidente do Conselho Nacional de Imigração[5].

Pra que isso aconteça, é preciso conscientizar a população. E é nesse sentido que o vídeo “todo mundo é IMIGRANTE” presta um serviço público. Mesclando história, inspiração e um senso de urgência contagiante, Felipe escancara a relevância do tema e convida a pensar.

O canal de Youtube Soco na Mente surge visando desmistificar tabus e inspirar a reflexão sobre assuntos relevantes, das artes à política, passando pela filosofia. O próximo vídeo da série versa sobre a magia da fotografia, e sai no dia 26 de dezembro.

FONTES:

1- Agência de Refugiados da ONU (yhoo.it/1M4eWBv).

2- Agência EFE (bit.ly/1M3Dg6l).

3- Anistia Internacional (bit.ly/1KvPB9p).

4- Revista Exame (abr.ai/1OSofe5l).

5- Entrevista ao El País (bit.ly/1M3Ds5F).


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.