1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

Reportagem realizada por Galiza Contrainfo na manifestaçom nacional unitária do feminismo galego.


A mobilizaçom, secundada por centenas de pessoas, mantivo em todo momento um caráter tam reivindicativo como festivo. Durante o percurso polas ruas da capital galega, o ritmo das "batucadas" com instrumentos caseiros acompanhárom as já clássicas palavras de ordem do feminismo galego. "Imos queimar a Conferência Episcopal (ou Partido Popular) por machista e patriarcal", "deixa passar, som feminista e o mundo vou mudar" ou "nós parimos, nós decidimos" fôrom alguns dos cânticos mais escuitados. As mensagens por um aborto livre e gratuito, por trabalho digno na nossa terra, contra as agressons machistas e contra o capital estivérom também presentes em cartazes, faixas e camisolas. Assim, as mulheres galegas deixárom bem claro que nom vam ficar passivas ante o retrocesso que implicam os cortes do Partido Popular em matéria de direitos e liberdades.

Crónica da manifestaçom aqui.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.