1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

9404670102 969dd1a638 zSíria - Avante! - O responsável operacional do Estado-Maior da Federação Russa, Serguéi Rudskoi, acusou a Turquia de estar a enviar combatentes da Frente Al-Nusra (filial da Al-Qaeda) para a Síria, designadamente para zonas recentemente desmilitarizadas da fronteira síria-turca e para a cidade de Alepo, sobre a qual o governo de Damasco, com o apoio da aviação de Moscovo, lançou uma ofensiva visando a sua libertação.


Nem a Frente Al-Nusra nem o autodenominado Estado Islâmico estão incluídos no cessar-fogo acordado no passado dia 27 de Fevereiro para a Síria com o apoio russo e norte-americano, justamente por serem consideradas organizações terroristas.

Para além da denúncia do apoio daquele membro da NATO aos grupos mercenários na Síria, por estes dias ficou a saber-se que numa página federal dos EUA estão patentes solicitações de empresas dispostas a realizarem o transporte de toneladas de armamento para países vizinhos da Síria. É mais uma prova do apoio norte-americano aos bandos armados, e mais concretamente à Frente Al-Nusra, afirma o Instituto Britânico de Defesa IHS Jane, que sustenta que sendo as armas de fabrico Leste-europeu e não usando nenhum dos países destinatários do frete marítimo (Turquia e Jordânia) aquele tipo de armamento, os seus beneficiários só podem ser os grupos terroristas.

Recentemente, também o jornal El País destapou a rede de suporte dos mercenários que há já mais de cinco anos promovem o conflito na Síria. Nos portos espanhóis de Algeciras e Valência, a polícia interceptou, a 15 de Março, três contentores com milhares de fardas militares.

O fardamento terá sido enviado a partir da Arábia Saudita e tinha como destino final a Turquia. As autoridades de Madrid, segundo o diário, suspeitam que os equipamentos são do tipo usado por países da NATO e deveriam chegar ao denominado Estado Islâmico, uma vez que os suspeitos de envolvimento na operação são conhecidos jhiadistas que afirmaram publicamente ter-se desvinculado da Frente Al-Nusra e aderido àquele grupo.

Foto: Michael Fleshman


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.