1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (1 Votos)

170416 viiCuba - Prensa latina - O VII Congresso do Partido Comunista de Cuba (PCC) reunirá desde hoje nesta capital mil delegados que analisarão as estratégias do país para a construção de um socialismo próspero e sustentável.


Durante a abertura do evento, que coincide com o aniversário 55 da Declaração do caráter socialista da Revolução cubana, se apresentará em plenária o Relatório Central do evento.

Depois, os assistentes trabalharão em quatro comissões destinadas a abordar temas de vital importância para continuar o aperfeiçoamento do modelo econômico e social da ilha.

O Congresso, que também contará com a presença de 280 convidados, dá continuidade ao caminho aberto na edição precedente, celebrada em 2011, quando se aprovaram os Alinhamentos da Política Econômica e Social do Partido e a Revolução. Por isso, a primeira das comissões discutirá a conceitualização do modelo econômico e social socialista cubano, e a segunda o plano de desenvolvimento em face de 2030, a visão da nação, seus eixos e setores estratégicos.

No em tanto, na terceira avaliará a implementação dos alinhamentos e sua atualização para o próximo quinquênio, enquanto a quarta valorizará a materialização dos objetivos de trabalho do Partido a partir de sua Primeira Conferência, celebrada em janeiro de 2012.

Face à reunião, que concluirá em 19 de abril, se garantiu a maior representatividade da militância comunista da ilha caribenha, pois participam representantes de todas as províncias e setores econômicos, que têm uma idade média de 48 anos.

O número de assistentes é igual ao de cinco anos atrás e estão encabeçados pelo líder histórico da Revolução, Fidel Castro, e o primeiro secretário do comitê central da organização, Raul Castro, escolhidos em Santiago de Cuba, no distrito José Martí e o município da Segunda Frente, nessa ordem.

Também estarão presentes, quadros do PCC, operários, camponeses, técnicos, diretores estatais e empresariais, pesquisadores, economistas, professores e mestres, trabalhadores da saúde e representantes do setor não estatal da economia, entre outros.

A partir de de março último, os mil delegados dos quais 43,2% são mulheres e 55 têm menos de 35 anos, iniciaram a consulta dos materiais que serão debatidos no congresso.

Esse processo efetuou-se nos territórios com a participação, ademais, de deputados à Assembleia Nacional do Poder Popular (Parlamento), dirigentes sindicais, juvenis, as organizações de massas e sociais, quadros administrativos e representantes de outras instituições.

A véspera, importantes instituições, agrupamentos e intérpretes da cultura cubana honraram os participantes na sétima edição do maior evento político do país com uma velada que recriou a história da organização, fundada em 1965.

Foto: Estudios Revolución.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.