1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (2 Votos)

300311_hoji_fortunaAngola - Jornal de Angola - O actor angolano Hoji Fortuna foi ontem distinguido como o Melhor Actor Secundário (Best Actor in Supporting Role) nos prémios da Academia Africana de Cinema (AMAA), a versão africana dos Óscares de Hollywood.


O actor angolano, presentemente a residir em Nova Iorque, sagrou-se vencedor do prémio pela sua extraordinária prestação em "Viva Riva!", um filme do realizador congolês Djo Munga, em exibição nos cinemas de todo o mundo, a partir de Maio.

 

É a primeira vez que um actor angolano é nomeado para aqueles prestigiados prémios, que este ano foram entregues pela sétima vez.

Hoji Fortuna começou a carreira artística em Portugal com a participação no reality show "O Bar da TV" do qual foi vencedor, tendo então sido o primeiro angolano a ganhar um concurso de popularidade televisiva naquele país e a encetar com essa vitória uma trajectória que tem enchido de orgulho todos os angolanos e transportado o nome de Angola para o topo da hierarquia artística internacional.

O actor confessou ao Jornal de Angola ter sido "uma surpresa a nomeação para aqueles prémios e uma surpresa ainda maior ter vencido. É certamente uma honra para mim poder ostentar o galardão de melhor actor africano e colocar o nome de Angola nos registos cinematográficos africanos".

A cerimónia de entrega dos prémios teve lugar em Bayelsa, Nigeria, no dia 27 de Março, e Hoji Fortuna confessa ter pena de não ter podido atender à cerimónia.

"Agradeço à Academia Africana de Cinema a confiança e reconhecimento que depositou no meu trabalho ao atribuir-me este prémio, a todos os fãs que têm acompanhado e suportado o desafiador trajecto que tem sido a minha carreira, à minha família pela confiança e apoio incondicionais, aos meus pais que já não convivem com os vivos, mas que tenho a certeza têm sido os guardiões da jornada que tenho estado a trilhar, ao director Djo Munga pela oportunidade de expressar a minha vocação e a todos os amigos que de várias maneiras têm alimentado a minha determinação nesse trajecto", afirma o actor. Questionado sobre se estaria em Angola em breve para celebrar o prémio e partilhar esse momento único com os compatriotas angolanos, o actor afirma que é uma possibilidade: "Gostaria, sem dúvida, de estar em Angola em breve e celebrar esse prémio, mas tal dependerá das condições logísticas existentes e da existência ou não de compromissos laborais.

Sem dúvida que estou aberto à ideia e seria uma honra partilhar esse prémio com todos os angolanos." Estamos todos a torcer para que a carreira desse actor angolano que tem o nome de uma personagem revolucionária da nossa história (Hoji Ya Henda), continue a surpreender-nos com os resultados de excelência que nos têm orgulhado.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.