1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

300811_greveCabo Verde - A Semana - Está confirmada a greve dos trabalhadores do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica anunciada para amanhã, quarta-feira. O INMG não aceitou um acordo com os funcionários, que reivindicam a reposição percentual do aumento salarial atribuído em 2010.


O encontro que estava agendado para a manhã de ontem, 29, não chegou a acontecer. O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica disse que vai aguardar uma posição da Direcção Geral do Trabalho, que deverá indicar se a greve é ou não legal. Só depois deve reunir com os trabalhadores e o sindicato para discutir possíveis acordos.

Ainda assim, o Sindicato dos Transportes, Comunicações e Administração Pública (Sintcap) anuncia a greve para esta quarta-feira. Para o sindicato já não há condições para nenhum acordo com o INMG. E confirma uma greve de três dias que deve terminar às 7h00 do dia 2 de Setembro.

Refira-se que os trabalhadores reivindicam o percentual do aumento salarial atribuído em 2010. Segundo o Sintcap, o INMG devia proceder ao aumento salarial em 2010, e não o fez. Os trabalhadores contestaram, houve uma intervenção do Sintcap, mas nada.

O primeiro encontro entre o Sintcap e a direcção do INMG aconteceu em Janeiro deste ano. Na altura o INMG terá assumido o compromisso de repor o percentual de aumento salarial em causa, alegando que estava a aguardar a aprovação do novo orçamento para proceder à sua aplicação. Seis meses depois ainda não há aumento.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.