1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (1 Votos)

2646581951 9601fc0573 zGaliza - Diário Liberdade - O digital Praza informou hoje das importantes reduçons de impostos por parte da Junta da Galiza à empresa Ence-Elnosa, propriedade da família Guimarães de Mello, a quarta com maior património de Portugal.


Num jogo de estratégia habitual por parte das multinacionais, o grupo que sustenta o projeto empresarial de pasta de papel em Ponte Vedra e em Návia (concelho galegófono administrativamente asturiano) aplicou idêntica estratégia nos dous casos: Ameaçar as administraçons e a opiniom pública com abandonar esses territórios se nom havia descontos para a sua atividade espoliadora-exploradora.

Primeiro foi em Návia e agora em Ponte Vedra: Ence-Elnosa conseguiu que o Estado espanhol garantisse, através de Portos da Galiza, a continuidade e reduzisse os impostos a pagar, sob ameaça de abandonar o local e fazer desaparecer os postos de trabalho. Nos dous casos funcionou.

O resultado? Mais 60 anos de poluiçom em larga escala garantida e importante poupança de impostos por parte da família Guimarães de Mello, que com um património calculado em 1.189,4 milhons de euros constitui a 4ª em riqueza patrimonial de Portugal, e é proprietária do Grupo Cuf, do qual fai parte Ence.

A reduçom de impostos atinge 60% nas taxas de utilizaçom do porto de Ribadeu pola pasteira de Návia (do mesmo grupo que a de Ponte Vedra), o que Praza calculou como representando entre 300.000 e 500.000 euros anuais, de 2% a 3% dos rendimentos anuais ordinários de Portos da Galiza, entidade pública encarregada dessa cobrança que nom se vai produzir até 2020.

A Junta tentou justificar a renúncia a cobrar esse imposto argumentando que assim se garantia a continuidade dessa atividade de armazenamento e transferência em território galego, mas de facto Ence pretende substituir o porto de Ribadeu polo de Gijom logo que este esteja operativo para essas tarefas, segundo o texto difundido polo referido web informativo galego.

Foto: https://www.flickr.com/photos/dorfun/

Com informaçons de Praza e Expresso.


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Última hora

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.