O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar
Arquivado em: frança  sarkozy  síria  guerra  
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 (0 Votos)

260212_nicolas-sarkozy-serge-dassault-2011-6-20-9-40-11Síria - La Haine - Estas duas notícias, cuja fonte é a agência síria Dampress, podem talvez carecer de confirmação mais precisa - que não está ainda disponível - nomeadamente quanto ao número exacto de militares franceses que foram presos em território sírio. Mas fazem todo o sentido, sabendo-se, como se sabe, que a “revolta” síria é comandada, apoiada, armada e justificada pela máquina militar e mediática imperialista. E como está a ser repetida na Síria a intervenção conjunta França-EUA já ensaiada na ocupação da Líbia.


A Síria anuncia a detenção de 120 militares franceses
Sarkozy não só envia toneladas de material militar aos sipaios sírios, como põe à sua disposição um grupo importante de soldados profissionais .

O rumor circulava nos últimos dias nas redes sociais, e agora é o sítio da agência de notícias síria Dampress quem o anuncia. A detenção ter-se-ia dado na passada segunda-feira:
“Os serviços especiais sírios prenderam, em Zabadani, um batalhão francês de transmissões com um efectivo de 120 soldados”. A agência de notícias acrescenta que “isto explica a nova mudança de tom de Paris, que adopta agora um perfil baixo com receio de que este caso afecte a campanha eleitoral de Nicolas Sarkozy. Alain Juppé foi quem ficou responsável pela negociação com o seu homólogo russo, Sergei Lavrov, de uma tentativa de solução e da libertação dos 120 soldados franceses.”

Segundo a mesma fonte “Sarkozy enviou um arsenal militar aos opositores de Assad, mas as informações recolhidas pelos serviços de informações franceses confirma que a maior parte desse material caiu nas mãos do exército sírio.”
________________________________________

Aviões não tripulados dos Estados Unidos (drones) estariam já a actuar na Síria

Segundo fontes militares norte-americanas contactadas pela cadeia de televisão NBC, aviões não tripulados comandados à distância (drones) estariam já a operar na Síria. Estes aviões serviriam para recolher informações acerca das operações do exército do país visando fazer frente aos ataques da “oposição” síria.

Para além disso, o exército estado-unidense estaria a colaborar na intercepção de comunicações do exército sírio com idêntica finalidade.

http://noalaguerraimperialista-madrid.blogspot.com/

Através de ODiario.info

Foto: SOS-Líbia


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Microdoaçom de 3 euro:

Doaçom de valor livre:

Este conteúdo foi bloqueado. Você não pode postar qualquer comentário.

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: diarioliberdade [arroba] gmail.com

Desenhado por Eledian Technology

Aviso

Bem-vind@ ao Diário Liberdade!

Para poder votar os comentários, é necessário ter registro próprio no Diário Liberdade ou logar-se.

Clique em uma das opções abaixo.